News & MediaNewslettersBancos obrigados a identificar acionistas e beneficiários do seu capital

4 de Maio, 2017

A Lei nº 16/2017 de 3 de maio veio alargar a obrigatoriedade de registo dos acionistas dos bancos à identificação dos beneficiários efetivos das entidades que participem no seu capital. A lei veio alterar o Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras, e entrou em vigor no dia 4 de maio de 2017.

Passa assim a ser obrigatória a identificação dos acionistas detentores de participações qualificadas, bem como dos seus beneficiários efetivos.

Como regime transitório a lei determina que as instituições de crédito devem, no prazo de 90 dias, desde a sua entrada em vigor,  proceder ao registo dos beneficiários efetivos relativos a participações qualificadas já registadas.

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/09/Lisboa2020_RGB_logos-640x71.png

© 2020 Antas da Cunha Ecija. Todos os direitos reservados.

Powered by 4digital Copyright © 2020