Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Presença Internacional

PORTUGAL

Lisboa
Avenida Fontes Pereira de Melo
N.º 6, 2º Andar
1050-121 Lisboa
T. +351 21 319 2080
geral@adcecija.pt
Oporto
Avenida De França
N.º 20, 5ºandar – Room 509
4050-271 Oporto
T. +351 21 319 2080
geral@adcecija.pt
Braga
Rua de Janes, nº 20
1º Andar
4700-318 Braga
T. +351 253 995 296
geral@adcecija.pt

ESPANHA

Madrid
Torre de Cristal · Pº de la Castellana, 259C
28046 Madrid, España
T.: +34 917 816 160
info@ecija.com
Barcelona
Av. Diagonal, 458, planta 8ª
08006 Barcelona, España
T. + 34 933 808 255
info@ecija.com
Islas Canarias
Agustín Millares 16
35001 Las Palmas de Gran Canaria
T. +34 928 337 404
Calle Viera y Clavijo, nº 62
38004, Santa Cruz de Tenerife
T. +34 922 279 901
info@ecija.com
Pamplona
C/ Yanguas y Miranda nº 1, 8ª planta
31002 Pamplona Navarra, España
T.: +34 948 40 99 23
info@ecija.com
Valencia
Calle Colón nº 15,
Planta 1ª, puerta 1 y 2
46004 Valencia · T +34 960 725 097
info@ecija.com
Zaragoza
C/ Cadiz 3, entlo. dcha.
50004 Zaragoza
T. +34 876 25 81 61
info@ecija.com

China

HONDURAS

Tegucigalpa

Edificio Torre Alianza I, Suite 701
Boulevard San Juan Bosco,
Tegucigalpa, M.D.C., Francisco Morazán
Tlf. +504 2271 0254
Tlf. +504 2271 0255
info@ecija.com
San Pedro Sula
Edificio Banco de Occidente, 5º piso
Colonia Hernández, Blvd. del Sur
San Pedro Sula
Tlf. +504 2552 6144
Tlf. +504 2553 4681
info@ecija.com

COSTA RICA

San José
Avenida Escazú, Torre Lexus,
Piso 3. Escazú, San José, Costa Rica.
Tlf. +506 4000 1141
EEUU: +1 786 2247326 (Direct Dial)
España: +34 910 603 569(Direct Dial)
info.costarica@ecija.com
Guanacaste
Centro Comercial La Plaza,
Flamingo, Guanacaste.
Oficina número A-6.
T: +506 4000 1141
info.costarica@ecija.com

REPUBLICA DOMINICANA

Santo Domingo
Calle José López No. 26 esq. Calle
Amelia Francasci, Torre Gampsa IV,
Suite 3E, Los Prados, Santo Domingo,
República Dominicana 10132
Tlf. +(809) 289-2343
info@ecija.com

Nicaragua

Managua
Bosques de Altamira N° 435.
Apartado postal 2845
Managua, Nicaragua.
Tlf. +505 2278 2912
info@ecija.com
Managua
Reparto Belmonte N° 57.
Apartado postal 12104
Managua, Nicaragua.
Tlf. +505 2265 0293
info@ecija.com

Guatemala

Guatemala
12 calle 1-25 Zona 10, Ed. Géminis Diez
Torre Sur Of. 1111 – 01010
Guatemala – Guatemala
Tlf. +502 2335 3220
info@ecija.com

EL SALVADOR

San Salvador
Residencial Lomas Verdes,
5ª Calle Poniente #5241, Colonia Escalón
San Salvador – El Salvador
Tlf. + 503 2298 0131
Tlf. + 503 2264 4659
info@ecija.com

PUERTO RICO

San Juan
Miramar Plaza Center
954 Ave. Ponce de León
Suite 201
San Juan, PR 00907
T: +787 300 3200 · Fax: 787 300 3208
info@ecija.com

PANAMA

Panamá
Calle 50, Edificio Embajador,
Mezzanine 1, Bella Vista
Ciudad de Panamá, República de Panamá
T: +(507) 209 6614
info@ecija.com

México

Ciudad de México, México
Torre Mural. Av. Insurgentes Sur 1605 piso 10
Col. San José Insurgentes, C.P. 03900,
Tel: (+52) 5556626840
www.ecija.com

BRASIL

São Paulo
Rua Tabapuã, n° 1.123, grupo 121
Itaim Bibi I 04.533-014 – São Paulo
T. +55 11 3078-7212
info@ecija.com
Río de Janeiro
Rua da Ajuda, 35, 3º andar
Centro I 20040-915 – Rio de Janeiro
T. + 55 21 2212-2400
info@ecija.com

CHILE

Santiago de Chile
Avda. Apoquindo 3669, Piso 13, Las Condes
Santiago – Chile
Tel. (56) 22361 8900
info@ecija.com

Equador

Guayaquil
Av. Numa Pompillo Llona s/n, Puerto Santa Ana
Edificio The Point, Piso 8, oficina 806
Guayaquil – Ecuador
T. + 5934-388 3007
info.ecuador@ecija.com
Quito
Av. 12 de Octubre, N26-97 y Lincoln,
Ed. Torre 1492, 170516. Piso 10 Oficina 1005
Quito – Ecuador
T. + (593-2) 2986528/29/30/31
info.ecuador@ecija.com

USA

USA

Presença Internacional

Portugal

Lisboa
Avenida Fontes Pereira de Melo
N.º 6, 2º Andar
1050-121 Lisboa
T. +351 21 319 2080
geral@adcecija.pt
Oporto
Avenida De França
N.º 20, 5ºandar – Room 509
4050-271 Oporto
T. +351 21 319 2080
geral@adcecija.pt
Braga
Rua de Janes, nº 20
1º Andar
4700-318 Braga
T. +351 253 995 296
geral@adcecija.pt

Espanha

Madrid
Torre de Cristal · Pº de la Castellana, 259C

28046 Madrid, España
T.: +34 917 816 160
info@ecija.com
Barcelona
Av. Diagonal, 458, planta 8ª
08006 Barcelona, España
T. + 34 933 808 255
info@ecija.com
Islas Canarias
Agustín Millares 16
35001 Las Palmas de Gran Canaria
T. +34 928 337 404
Calle Viera y Clavijo, nº 62
38004, Santa Cruz de Tenerife
T. +34 922 279 901
info@ecija.com
Pamplona
C/ Yanguas y Miranda nº 1, 8ª planta
31002 Pamplona Navarra, España
T.: +34 948 40 99 23
info@ecija.com
Valencia
Calle Colón nº 15,

Planta 1ª, puerta 1 y 2
46004 Valencia · T +34 960 725 097
info@ecija.com
Zaragoza
C/ Cadiz 3, entlo. dcha.
50004 Zaragoza
T. +34 876 25 81 61
info@ecija.com

CHILE

Santiago de Chile
Avda. Apoquindo 3669, Piso 13, Las Condes
Santiago – Chile
Tel. (56) 22361 8900
info@ecija.com

HONDURAS

Tegucigalpa

Edificio Torre Alianza I, Suite 701
Boulevard San Juan Bosco,
Tegucigalpa, M.D.C., Francisco Morazán
Tlf. +504 2271 0254
Tlf. +504 2271 0255
info@ecija.com
San Pedro Sula
Edificio Banco de Occidente, 5º piso
Colonia Hernández, Blvd. del Sur
San Pedro Sula
Tlf. +504 2552 6144
Tlf. +504 2553 4681
info@ecija.com

Costa Rica

San José
Avenida Escazú, Torre Lexus,
Piso 3. Escazú, San José, Costa Rica.
Tlf. +506 4000 1141
EEUU: +1 786 2247326 (Direct Dial)
España: +34 910 603 569(Direct Dial)
info.costarica@ecija.com
Guanacaste
Centro Comercial La Plaza,
Flamingo, Guanacaste.
Oficina número A-6.

T: +506 4000 1141
info.costarica@ecija.com

REPUBLICA DOMINICANA

Santo Domingo

Calle José López No. 26 esq. Calle
Amelia Francasci, Torre Gampsa IV,
Suite 3E, Los Prados, Santo Domingo,
República Dominicana 10132
Tlf. +(809) 289-2343
info@ecija.com

Nicaragua

Managua

Bosques de Altamira N° 435.
Apartado postal 2845
Managua, Nicaragua.
Tlf. +505 2278 2912
info@ecija.com
Managua
Reparto Belmonte N° 57.
Apartado postal 12104
Managua, Nicaragua.
Tlf. +505 2265 0293
info@ecija.com

Guatemala

Guatemala
12 calle 1-25 Zona 10, Ed. Géminis Diez
Torre Sur Of. 1111 – 01010
Guatemala – Guatemala
Tlf. +502 2335 3220
info@ecija.com

EL SALVADOR

San Salvador
Residencial Lomas Verdes,
5ª Calle Poniente #5241, Colonia Escalón
San Salvador – El Salvador
Tlf. + 503 2298 0131
Tlf. + 503 2264 4659
info@ecija.com

PUERTO RICO

San Juan
Miramar Plaza Center
954 Ave. Ponce de León
Suite 201
San Juan, PR 00907
T: +787 300 3200 · Fax: 787 300 3208
info@ecija.com

PANAMA

Panamá
Calle 50, Edificio Embajador,
Mezzanine 1, Bella Vista
Ciudad de Panamá, República de Panamá
T: +(507) 209 6614
info@ecija.com

MEXICO

Ciudad de México, México
Torre Mural. Av. Insurgentes Sur 1605 piso 10
Col. San José Insurgentes, C.P. 03900,
Tel: (+52) 5556626840
www.ecija.com

EQUADOR

Guayaquil
Av. Numa Pompillo Llona s/n, Puerto Santa Ana
Edificio The Point, Piso 8, oficina 806
Guayaquil – Ecuador
T. + 5934-388 3007
info.ecuador@ecija.com
Quito
Av. 12 de Octubre, N26-97 y Lincoln,
Ed. Torre 1492, 170516. Piso 10 Oficina 1005
Quito – Ecuador
T. + (593-2) 2986528/29/30/31
info.ecuador@ecija.com

BRASIL

São Paulo

Rua Tabapuã, n° 1.123, grupo 121
Itaim Bibi I 04.533-014 – São Paulo
T. +55 11 3078-7212
info@ecija.com
Río de Janeiro

Rua da Ajuda, 35, 3º andar
Centro I 20040-915 – Rio de Janeiro
T. + 55 21 2212-2400
info@ecija.com

USA

Miami

Somos Especialistas
na área Digital

Somos uma empresa pioneira no sector da Tecnologia, Media e Telecomunicações, líder no aconselhamento a empresas nestes sectores, de acordo com as mais conceituadas listas nacionais e internacionais.

Sociedade

  • HISTÓRIA
  • VALORES
  • PRÉMIOS
  • PRESENÇA INTERNACIONAL

2001

2001

Prática isolada da advocacia de Fernando Antas da Cunha

2003

Fernando Antas da Cunha funda o escritório Portugal Legal em associação com outros advogados

2006

Juntamente com outro advogado, Fernando Antas da Cunha funda a ACFA- Antas da Cunha, Ferreira & Associados

2010

A sociedade ACFA- Antas da Cunha, Ferreira & Associados é galardoada com o prémio “Joint Venture Advisory Firm of the Year” pela publicação britânica Corporate Intl

2011

A sociedade ACFA- Antas da Cunha, Ferreira & Associados é galardoada com o prémio “Corporate Law Firm of the Year in Portugal” pela publicação britânica Corporate Intl

2012

A sociedade ACFA- Antas da Cunha, Ferreira & Associados é eleita “Corporate and Commercial Law Firm of the Year” pela revista Lawyer Monthly Magazine

2013

A sociedade ACFA- Antas da Cunha, Ferreira & Associados é eleita “Small Law Firm of the Year” na edição de 2013 dos Global Awards da publicação internacional DealMakers

2014

A sociedade ACFA- Antas da Cunha, Ferreira & Associados é galardoada com o prémio “Labour Law Firm of the Year” pela publicação britânica Corporate Intl

Integração da equipa numa das 5 maiores sociedades de advogados Portuguesa, Miranda, Correia e Amendoeira, Sociedade de Advogados R.L. com o objectivo de desenvolver o grupo de jurisdição de Portugal

2015

Constituição da Antas da Cunha & Associados

2017

Fusão com a Sociedade de Advogados Espanhola Ecija

2018

Abertura do escritório do Porto

2019

2019

Fusão com Vieira Law. Abertura do escritório de Braga.

Proximidade

Na Antas da Cunha Ecija fazemos questão de estar próximos dos nossos Clientes. Para a Antas da Cunha Ecija, o fator proximidade permite conhecer a fundo as especificidades de cada um dos seus Clientes, assim como dos seus negócios e atividades. Este fator tem sido preponderante para a longevidade das relações com os nossos Clientes.

Cumplicidade

Um dos traços distintivos na Antas da Cunha Ecija é a cumplicidade que mantemos com os nossos Clientes. Sem nunca abdicarmos da ética e dos valores que norteiam a advocacia, entendemos que há várias saídas para cada problema, aquele que percorremos diariamente lado a lado com cada um dos nossos clientes. E se partimos com a segurança de quem detém um profundo conhecimento do Direito, aliado à experiência dos nossos clientes, chegaremos com sucesso ao final de cada jornada. Contornando cada obstáculo, encontrando juntos a saída.  Caminhando sempre lado a lado.

Segurança

A segurança constrói-se a partir da confiança, a partir de bases sólidas e com um labor diário feito de empenho, dedicação e conquista. Por isso, assentamos o nosso trabalho na lealdade, na confiança, no rigor, na formação contínua e na deontologia profissional. Assumimos estes como os valores incontornáveis que nos balizam. São os nossos pilares!

Inovação

Na Antas da Cunha Ecija sabemos que tudo é dinâmico e evolutivo. Por essa razão, a partilha de experiências com várias jurisdições, a procura de novas soluções e de novos caminhos, é um objetivo que nunca esta alcançado.

Excelência

Na Antas da Cunha Ecija esforçamo-nos diariamente para aprender e oferecer um serviço que oferece ao Cliente um alto valor agregado. Para isso, apostamos no trabalho em equipa e incentivamos a iniciativa e a participação de todas as pessoas envolvidas em cada projeto.

A Antas da Cunha Ecija tem vindo ao longo dos anos a arrecadar alguns dos reconhecimentos e prémios mais importantes em particular nas áreas de IP e IT onde foi recentemente considerada o melhor escritório Espanhol em IT/IP, bem como o escritório mais inovador em Espanha.

A Antas da Cunha Ecija tem presença própria em Portugal (Lisboa), Espanha (Madrid, Barcelona e Valência), EUA (Miami), Chile (Santiago do Chile), Caraíbas e América Central (Costa Rica, Republica Dominicana, Panamá, Guatemala, El Salvador, Honduras, Nicarágua).

Além disso e para chegarmos ainda mais longe com os nossos clientes, a Antas da Cunha Ecija estabeleceu uma série de parcerias estratégicas com escritórios estrangeiros de renome em outras localizações.

Assim, consegue, tanto a nível nacional como no estrangeiro, indicar aos seus clientes escritórios que prestam os seus serviços com a qualidade a que a Antas da Cunha Ecija os habituou.

A sociedade mantém ainda um permanente alargamento de contactos com o exterior através da presença em eventos e associações internacionais como é o caso da International Bar Association da qual somos membros. Como a parceria exclusiva com a sociedade de Advogados Brasileira – Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados, altamente especializada em direito digital, e com mais de 80 profissionais ligados à área da tecnologia.

A Antas da Cunha Ecija integra desde maio de 2017, e a ser o representante exclusivo de Portugal na rede internacional de sociedades de advogados, Interact Law

(http://www.interact.law/), tal como ocorre em Espanha.

Abrangendo uma vasta gama de áreas de prática jurídicas, os serviços abrangentes da Interact Law estão disponíveis para todo o tipo de necessidades: desde os private clients a grandes empresas. Trata-se, assim, de um passo importante no sentido da perspetivada e assumida internacionalização da Antas da Cunha Ecija.

Antas da Cunha Ecija foi reconhecida como escritório de advocacia líder em serviços completos pelos rankings e publicações internacionais de maior prestígio

01234567890ANOS
01234567890ESCRITÓRIOS
0123456789001234567890ÁREAS DE PRÁTICA
0123456789001234567890PROFISSIONAIS

Na Antas da Cunha Ecija, somos movidos
por uma visão de sucesso

Fernando Antas da Cunha
AC@ADCECIJA.PT
João Carlos Teixeira
JTEIXEIRA@ADCECIJA.PT
Pedro da Quitéria Faria
PFARIA@ADCECIJA.PT
Henrique Moser
HMOSER@ADCECIJA.PT

Reconhecimentos

Best Lawyers
Chambers America Latina
Chambers and Partners
Chambers Europe
Chambers Global
Forty under 40
FT Innovative Lawyers
FT Innovative Lawyers 2019
Expansión
Practical Law Company
The Lawyer
The Legal 500
The Legal 500 EMEA
TTR
Who's Who Legal

Candidaturas

É o nosso ADN que nos faz crescer
e alcançar o inalcançável

Nós apostamos

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

Francisco Andrade

Cliente

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

Francisco Andrade

Cliente

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Francisco Andrade

Cliente

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Francisco Andrade

Cliente

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

Francisco Andrade

Cliente

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

Francisco Andrade

Cliente

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

Francisco Andrade

Cliente

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Lorem ipsum dolor sit

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh

Francisco Andrade

Cliente

https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/06/Retângulo-50-160x160.png

Últimas Notícias e Atualizações

O impacto do COVID-19 no Direito do Trabalho

Percorrendo as notícias veiculadas em vários meios de comunicação social, rapidamente se percebe a influência da propagação do COVID-19 no Direito do Trabalho, impondo-se perguntas como: o que acontece aos contratos de trabalho? Como ficam as empresas? E o que fazem os pais de filhos em isolamento ou até infetados, uma vez que já se registaram casos de crianças e adolescentes infetados em Portugal? Como devem os empregadores, no âmbito das suas obrigações de assegurar condições de segurança e saúde no trabalho, reagir?

Importa, desde logo, esclarecer que a relação laboral não cessa por causa do surto do COVID-19. E há que distinguir dois cenários: isolamento profilático (quarentena) e a infeção (caso confirmado) por COVID-19.

Um trabalhador, do setor público ao privado, independente ou não, em isolamento determinado pela Autoridade de Saúde competente, não perde o direito à retribuição paga pelo empregador (ou pelo adquirente dos serviços no caso de trabalhador independente), caso possa trabalhar em regime de teletrabalho.

Não sendo possível o teletrabalho, e por Despacho n.º 2875-A/2020, os trabalhadores temporariamente impedidos de exercer a sua atividade profissional por perigo de contágio pelo COVID-19 têm direito a um subsídio de doença pago pela Segurança Social, num montante diário equivalente a 100% da remuneração de referência durante um período inicial de 14 dias. A partir do 15.º dia, e dependendo da duração da ausência, o subsídio de doença a ser pago corresponderá a um valor entre 55% e 75% da remuneração de referência. Deverá ser preenchido pela Autoridade de Saúde e entregue ao empregador, o formulário anexo ao referido Despacho, que substituirá o formulário de incapacidade temporária por doença.

Já o trabalhador infetado por COVID-19 estará temporariamente incapaz para o trabalho por doença, sendo-lhe extensível o regime geral aplicável às baixas médicas. Os trabalhadores independentes sofrem aqui uma maior penalização, como já acontece.

Os trabalhadores que necessitem de ausentar-se para assistir filho ou membro do agregado familiar em isolamento vão beneficiar de uma baixa paga a 100% pela Segurança Social. Tal estava já previsto nas alterações legislativas ocorridas em 2019 para o reforço da proteção na parentalidade, ficando estabelecido que este aumento de 65% para 100% entraria em vigor com o Orçamento do Estado para 2020.

Os empregadores, no âmbito das obrigações que sobre si recaem, devem, por um lado, privilegiar o recurso ao teletrabalho – como um verdadeiro teste que o COVID-19 coloca às empresas – e, por outro lado, e em simultâneo, redobrar os cuidados de higiene, segurança e saúde, devendo implementar planos de contingência nas suas empresas, ainda que tal seja apenas obrigatório para empregadores públicos, por Despacho n.º 2836-A/2020.

E, resolvida a situação para os trabalhadores por via do Despacho n.º 2875-A/2020 e de outros diplomas e medidas, como ficam os empregadores protegidos? Pela criação de um regime de lay-off[1] extraordinário simplificado. Esta medida, anunciada pelo Governo, tem como objetivo apoiar as empresas, no sentido de mitigar os impactos negativos do surto do COVID-19 na atividade económica. Assim, as empresas que vejam a sua atividade afetada pela epidemia do coronavírus, vão pagar 30% do ordenado dos trabalhadores enviados para casa, sendo os restantes – e mais significativos – 70% do ordenado, pagos pela Segurança Social. Não podemos perder de vista que as empresas apenas podem entrar neste regime de lay-off se houver uma quebra de vendas significativa e excecional, ou seja, se tiver havido uma quebra nos últimos três meses comparado com o período homólogo, de 40%. Neste regime, os trabalhadores irão auferir retribuições ilíquidas equivalentes a 2/3 do salário, até € 1.905 ficando 30% a cargo do empregador e 70% a cargo da Segurança Social, até um máximo de seis meses.


[1] Suspensão temporária dos contratos de trabalho.

Adicionalmente, e ainda dentro deste regime de lay-off simplificado, será criado um regime de lay-off com ações de formação para os trabalhadores, com uma bolsa de 30% do Indexante de Apoio Social (IAS) de € 131,64, sendo metade para o trabalhador e metade para o empregador, custeada pelo IEFP.

Ainda no plano de formação e qualificação, extraordinariamente, será atribuído um apoio financeiro às empresas afetadas pela epidemia, equivalente a 50% da remuneração do trabalhador até ao limite da RMMG[2], suportado pelo IEFP.


[2] Retribuição mínima mensal garantida.

E após término do lay-off? O que sucede? Uma vez mais, o IEFP apoiará, a título extraordinário, a manutenção dos postos de trabalho, beneficiando os salários do primeiro mês de um apoio por trabalhador equivalente a 1 RMMG. Por fim, as empresas em lay-off estarão isentas de contribuições sociais nesse período e no período de um mês após retoma da atividade.

Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 774/2019

Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 774/2019, publicado no Diário da República n.º 18/2020, Série I de 2020-01-27, declara a inconstitucionalidade, com força obrigatória geral, da norma constante do n.º 2 do artigo 398.º do Código das Sociedades Comerciais [doravante, “CSC”], na parte em que determina a extinção do contrato de trabalho, celebrado há menos de um ano, de titular que seja designado administrador da sociedade empregadora.

Esta decisão – proferida em processo de fiscalização abstrata sucessiva da constitucionalidade – surge na sequência da norma ter sido julgada inconstitucional, em sede de fiscalização concreta, em 3 casos: Acórdãos n.os 1018/1996, 626/2011 e 53/2019.

O Acórdão refere que a norma que determina a extinção dos contratos de trabalho celebrados há menos de um ano, “não pode deixar de considerar-se como específica, direta e materialmente laboral” e, por isso, tendo sido preterida a audição/participação das organizações representativas dos trabalhadores, a norma encontra-se inquinada de um vício de natureza formal que justifica a declaração de inconstitucionalidade.

  • Questiona-se, assim, a apreciação a todo o tempo deste vício procedimental.

A fiscalização do procedimento legislativo pode realmente ocorrer em momento temporalmente muito desfasado daquele em que as normas foram aprovadas (veja-se, neste caso, a norma declarada inconstitucional foi aprovada há mais de 30 anos…).

A jurisprudência do Tribunal Constitucional é unânime, cominando com a inconstitucionalidade formal, por vício de procedimento, a violação do direito de participação das organizações representativas dos trabalhadores [cf. Anteriores Acórdãos n.os 178/97, 477/98, 24/92 e 517/98 e 634/98).

Analisando as coisas por outro prisma, existe quem levante a discussão: “[s]e fará sentido que muitos anos depois de publicado, um diploma seja sujeito a escrutínio por não terem sido ouvidas algumas organizações representativas dos trabalhadores” (Bernardo Lobo Xavier, “A jurisprudência…”, cit., p. 233, nota n.º 66).

A questão merece, de facto, alguma reflexão. Poderá fazer sentido ponderar como solução: (1) o controlo da participação das organizações de trabalhadores passar a ser submetido a um prazo; ou, em alternativa, e como referido no Acórdão, (2) que se estabeleça “um princípio de caso julgado negativo [em que a função negativa é exercida através da exceção dilatória do caso julgado] para os casos em que o Tribunal Constitucional tenha concluído pela não inconstitucionalidade formal”.

Produção de Efeitos

O Tribunal Constitucional, invocando princípios da segurança jurídica e da proteção da confiança jurídica, determinou a produção dos efeitos da inconstitucionalidade a partir da publicação do presente Acórdão.

Antas da Cunha ECIJA nomeia novo sócio

A Antas da Cunha ECIJA, nomeou João de Moraes Vaz como sócio. O advogado, que já era associado da Antas da Cunha ECIJA desde 2017, atua sobretudo nas áreas de direito imobiliário e direito comercial.

Para Fernando Antas da Cunha, managing partner da Antas da Cunha ECIJA, “a promoção de João de Moraes Vaz é um reconhecimento pelo excelente contributo que tem dado à Antas da Cunha ECIJA e aos nossos clientes, como também um sinal da nossa estratégia de crescimento a qual assenta, também, no crescimento orgânico e na aposta numa nova geração, num escritório que conta agora com oito sócios.”

João de Moraes Vaz é licenciado pela Universidade Lusíada de Lisboa, tendo ganho o prémio de licenciado melhor classificado em 2010. Antes de integrar a Antas da Cunha ECIJA esteve na equipa de direito imobiliário do escritório de advogados Telles de Abreu e Associados. O seu percurso profissional conta também com o estágio no escritório de advogados PROLEGAL – Moser & Lobo d´Ávila, entre 2010 e 2013, tendo trabalhado em diversas áreas de prática.

A nomeação do novo sócio da Antas da Cunha ECIJA acontece num ano de crescimento e expansão, no qual a sociedade abriu um escritório no Porto.

CONTACTE-NOS
CONTACTE-NOS
https://adcecija.pt/wp-content/uploads/2020/09/Lisboa2020_RGB_logos-640x71.png

© 2020 Antas da Cunha Ecija. Todos os direitos reservados.

Powered by 4digital Copyright © 2020